Imagem capa - Fazer ou não fazer? eis a questão - Festa de 1 ano por Chaiane A. Mariano
Maternidade sem Photoshop

Fazer ou não fazer? eis a questão - Festa de 1 ano

Olá,


Na correria do dia a dia de ter um bebê em casa, aproveito para pensar e planejar algumas coisas, enquanto amamento ou na hora da mamadeira, entre um carinho, um chamego, um beijinho e uma vontade  enorme de esmagar, eu idealizo muitas coisas. Observando como ele cresceu, percebendo que as roupas já estão curtas e apertadas, lembrei de algo muito importante, a festinha de 1 ano, não estou ficando doida não,  podia pensar nisso mais pra frente, mas sou uma mamãe ansiosa.

E para quem não sabe, trabalhei muitos anos com organização e coordenação de eventos empresariais antes de me tornar uma fotógrafa. Confesso que hoje prefiro festa de aniversário que é muito mais interessante, tem docinhos e bolo, entretanto, um evento empresarial ou uma festa infantil precisam de  muito planejamento, ai começa a dores de cabeça.  Em alguns minutos  tenho certeza que já surgiram muitas dúvidas,  o tema da festa, que roupinha usar, o que servir,  quantidade ideal, que horas fazer  e mais dezenas de coisas.


Mas Chai,  será uma festa intimista, só para família, alguns amigos, talvez colegas. Ah, mas também vamos convidar o ciclano e o beltrano. Talvez não seja tão intimista assim e provavelmente não caberá salão de festa do prédio ou na garagem de casa.


Bateu o desespero,  por onde começar?

Acredito que o mais importante  é a lista de convidados, a partir dai conseguimos decidir o espaço e outras coisas fundamentais, mas fazer lista não tem graça,  o mais legal é escolher a decoração. Vamos falar da decoração então, mas comecem a lista, coloquem todos os nomes que lembrarem, depois vão excluindo.

Ignorem os palpiteiros de plantão, uns vão dizer que festa de 1 aninho é só para adultos, que as crianças não aproveitam nada, outros vão dizer que é tão importante fazer, que tem fazer de qualquer forma. Que chatice né. 

Vou palpitar aqui, façam o que vocês sentirem que devem fazer.


E agora? 

Vamos entrar num mundo de infinitas possibilidades, a decoração. O bebê não escolhe mesmo, então momento de pensar que daqui a 15 anos vocês irão sentar em família e relembrar através das fotos (não esqueçam de registrar por favor, contratem fotógrafos). 

Para ajudar, conversei com a Juliana da Silva, que é a proprietária do Atelier Cubinhos de Açúcar para saber o que está na moda  e resumidamente, o tema  em alta  é unicórnio e chuva de amor, mas que a Pequena Sereia está voltando com tudo. A Patrulha Canina é o desenho que as crianças estão vidradas,  porém, cada ano algo novo surge. O Mickey e a Minnie  permanecem firme no gosto dos pais e da criançada.  O tema Realeza (coroa) é um dos mais escolhidos.

Que tal criar algo personalizado? imaginem, pesquisem e conversem com uma decoradora.


A mamãe Chaiane  vai dar um espacinho para fotógrafa Chai.


Dicas:

- cuidado com montagem da decoração perto de janelas,  se tiver sol pode invadir e deixar algumas partes mais claras (fica bem ruim na foto).

- importante prestar atenção nos horários do sono do bebê, ideal agendar o início da festa no melhor horário para ele.

- sugiro que seja realizado as fotos primeiramente com os pais, avós, tios e padrinhos, pois pode chegar um momento da festa que o bebê não aguentará mais. Não se preocupem com os demais convidados, o bem estar do seu filho em primeiro lugar.

- amamos as roupinhas que os pais escolhem com tanto amor, entretanto, é essencial que seja confortável.

- verifique com antecedência a agenda dos profissionais que deseja.


Ultima dica: aproveitem o momento, independente que tenha festa ou não.


Conheça o trabalho do Atelier: https://www.facebook.com/ateliercubinhosdeacucar/


Até a próxima,

Chai